sábado, 13 de agosto de 2016

Corredores Novatos

Compartilhe no WhatsApp

Corredores Novatos


“Sem paciência com quem está começando” é uma frase que viralizou, há alguns anos, quando uma atriz famosa e veterana a usou para explicar seu cansaço diante de erros do elenco jovem com o qual contracenava. Eu nem sei se ela disse mesmo tal frase – e, por isso, omito seu nome –, mas eu não poderia discordar mais.
Tenho toda a paciência do mundo com quem está começando. E tenho o dever de agir assim, uma vez que, há 14 anos, quando comecei a correr, várias pessoas tiveram paciência comigo. Assim, aqui estou eu, correndo e até me atrevendo a escrever sobre corrida. E é por pura gratidão aos que foram pacientes comigo que quero dirigir alguns conselhos aos novatos. A primeira dica é: leve a corrida a sério, mas não muito. Ela, de fato, tem o poder de transformar sua vida. Mas correr sem método pode lhe causar problemas. Trata-se de um esporte que, praticado na base do “xácomigo”, é capaz de fazer mais mal do que bem.
Por outro lado, nada de se tornar um maluco das corridas, com planilhas tão cheias de quilômetros que não deixam tempo nem para beijar a namorada. E não seja chato como aqueles malucos que passam o dia postando fotos e percursos nas redes sociais e montando estantes para expor suas medalhas como se elas fossem a Purple Heart, concedida pelos Estados Unidos a soldados feridos em combate. A segunda dica é uma frase que usei num dos primeiros textos para a O2: vá procurar sua turma! Pode parecer que a corrida é um esporte solitário – e, na prática, pode ser praticada na solidão de um par de tênis. Mas você não faz ideia da diversão que é fazer parte de uma equipe.
Acordar cedo ou ir para o parque à noite não é a coisa mais deliciosa, não vou mentir. Só que fazer isso ao lado de gente que passa pelos mesmos perrengues é mais gratificante. Num grupo, há sempre alguém correndo mais rápido e mais devagar do que a gente. Isso faz bem para a nossa motivação e para o ego.
Outra dica importante é este papo reto: correr, no início, é chato! Você não rende, músculos que jamais supôs possuir gritam, nos dias após os treinos sentirá dores… Mas esse período é curto! Em no máximo um mês você terá a sensação de ter ingerido uma poção mágica. Se quando comecei me falassem que eu seria capaz de correr 21 km eu acharia que a pessoa estava sob o efeito de entorpecentes. Essas conquistas não têm preço.
Por fim: curta a viagem. Não estabeleça metas inatingíveis e não pense em parar. Eu sei que todo corredor pensa em largar tudo para pedalar ou estudar yoga. Pedale, faça yoga, mas corra! Se a vida não te deixou tempo, dê ao menos um trotezinho no quarteirão depois de levar o cachorro para fazer as necessidades. Se você encontra tempo para tomar banho, também conseguirá para correr, nem que sejam 15 minutinhos. Aos 51 anos, eu agradeço imensamente a decisão daquele novato de 37, eu, que um belo dia encasquetou de correr. Eu seria uma pessoa muito pior, hoje, se não fosse pela sua audácia novato, e é justamente por isso que eu tenho muita paciência com quem está começando.




TÊNIS NIKE AIR ZOOM PEGASUS 32 MASCULINO

De:R$ 449,90Por:R$319,90ou 10X de R$ 31,99Economia de:R$ 130,00